• Pedro Vitor Lopes

Moneta desacelerou



Ungida como pré candidata do governo Marcos José à sucessão municipal, a secretária Cristiane Moneta teve uma agenda bastante tímida neste final de ano. Pouco foi vista em confraternizações ou eventos públicos pela cidade (a não ser os oficiais, com as mesmas pessoas de sempre). 

 

Enquanto isso, para alguns de seus concorrentes faltou tempo para tantos eventos. Fazendo jus a máxima política que diz que quem não é visto não é notado, Murilo do Povo fez questão de prestigiar diversos eventos pela cidade, estratégia também seguida por Flávio Gadelha.


No burburinho da política, o fim de ano recluso de Moneta, distante da população, levanta dúvidas sobre até que ponto ela conseguirá fazer a transição do perfil técnico para o perfil político, carismático, e assim começar a gastar a sola do sapato, percorrendo os quatro cantos da cidade. Uma tarefa fundamental pra quem precisa decolar nas pesquisas, porém não tem o tempo como aliado.