• Pedro Vitor Lopes

Prefeitura esclarece demissões na saúde

Após a publicação do comunicado emitido pela Secretaria de Saúde afirmando que todos contratados através do processo seletivo 01/2018 não teriam seus vínculos renovados, a Prefeitura de Abreu e Lima emitiu nota na tentativa de consertar a trapalhada da Secretaria de Saúde. Segundo a PMAL, dos 400 profissionais admitidos pela seleção, apenas 10 não terão seus contratos renovados. Explicação que diverge bastante do documento assinado pela secretária Livia Borba em 27.03.

Leia a nota na íntegra:


COMUNICADO OFICIAL


A Prefeitura de Abreu e Lima, através da Secretaria Municipal de Saúde, informa que, do total de aproximadamente 400 contratos referentes ao processo seletivo do edital 01/2018 e com previsão de encerramento para o dia 31/03/2020, apenas dez desses não tiveram sua renovação realizada, por razões de avaliação das chefias, sendo os mesmos contratos substituídos.


A Secretaria de Saúde informa ainda que, no momento, está realizando a contratação de cinco médicos para integrarem as equipes de Saúde da Família, além de uma equipe composta por médico, psicólogo, assistente social, dentista, técnico de enfermagem e auxiliar de saúde bucal para implantação da equipe do Consultório na Rua, para atendimento das pessoas que vivem em condição de rua.


Neste momento tão sério e de responsabilidade que vivem todos os gestores públicos, repudiamos veementemente todo os atos e ações de aproveitamento político, por meio de clara incitação à desinformação, para atacar decisões tomadas pela Prefeitura em favor do bem-estar de toda a população de Abreu e Lima.