• Pedro Vitor Lopes

ALEPE na contramão da coerência - por Lincon Victor


O que esperar do poder legislativo do nosso estado em tempos de austeridade econômica?


Na realidade que ainda estamos, ou seja, procurando um caminho pra estabilidade econômica em todas as esferas da republica, no mínimo, esperamos coerência dentre os deputados eleitos por nós, povo pernambucano, o que, nem de longe, dá qualquer sinal de que poderá acontecer.


A Assembleia Legislativa do Estado de Pernambuco (ALEPE) publica o primeiro pregão do ano pra contratação de locação de 46 veículos, para renovar os transportes das excelências, tudo isso em um Estado que o transporte público, além de caro, é uma falta de respeito e segurança pra quem usa.


Mesmo assim, ainda se cria ainda mais privilégios pra quem já ganha um salário de R$ 25.322,25, diária pra viagens para o interior do estado no valor de R$ 519,92 e para viagens interestaduais de R$ 909,89 fora as verbas indenizatórias que o valor, foge do alcance do pensamento.O custo inicial da locação dos veículos é estimado em mais de R$567 mil/mês, equivalente a 6,8 milhões por ano.


O que resta pra nós cidadãos pernambucanos é trabalhar bastante, pagar imposto, pra alimentar a imoralidade de quem cria privilégio, pra deputado alugar carrinho pra andar “bonitinho” na rua.